OBSERVAÇÃO DA FAUNA E FLORA DA REGIÃO DO PORTO JOFRE ATRAVÉS DO PASSEIO DE BARCO

Barco: 

A pousada está localizada em um local privilegiado e considerado como o melhor lugar do mundo para observação da onça pintada que se tornou rara em outras regiões do Brasil. Além das onças pintadas e uma variedade de aves, você terá excelentes chances de se encantar com animais semi - aquáticos que vivem em grupos com0 jacarés, capivaras e ariranhas. Observando os animais silvestres sob uma perspectiva diferente, essa experiência torna-se ainda melhor com os sons do Pantanal. Ao retornar para a pousada, há ótimas oportunidades para fotografar não somente os animais, mas também a paisagem e o pôr do sol deslumbrantes. Nossos guias estão prontos para auxiliar e proporcionar ocasiões para as melhores fotos possíveis e isso inclui aguardar pacientemente por condições de local e iluminação adequadas.

IMG_4310.jpg

Nossos barcos são  equipados com radio VHF para haver comunicação entre eles, os nossos pilotos sempre se comunicarão e quando houver algum sinal ou propriamente a onça pintada, assim há uma experiência igualitária a todos os hóspedes da pousada.

Após a década de 1970 quando a Rodovia   Transpantaneira foi construída, surgiu a possibilidade de acesso terrestre nessa região do Pantanal, o acesso via rio era utilizado desde o período colonial, mas somente na década de 1980 se iniciou o turismo esporádico na região com foco no avistamento de aves e poucas chances de ver as onças pintadas, mas eram vistas por poucos segundos com muita sorte. Antes do turismo de observação de onças pintadas, havia o turismo de pesca e o foco era somente pescar não havendo nenhum foco em onças, mas as onças observavam pescadores sempre quando passando de barco.

IMG_5520.heic
DSC_7426.JPG
IMG_1593.jpg

Na década de 2000 foi quando as onça começaram a serem vistas com mais frequência  só que por um curto tempo de observação, eram muito cautelosas com o movimento, mas a partir daí as visualizações ficaram mais frequentes e o aprendizado de guias e condutores de barcos comeram a entender um pouco mais sobre o comportamento das onças pintadas e locais com mais frequência de avistamentos quando elas eram encontradas tínhamos que usar uma técnica de habituação navegando lentamente nas margem oposta que a onça se encontrava rio acima e rio abaixo e depois que alguns minutos você parar o barco que a onça não ia embora, mas sim, havia uma variação de individuo para individuo.

Em 2011 o Gestor Ambiental  Ailton Lara fez o primeiro monitoramento de onças pintadas embarcando, foi feito o monitoramento através da visualização, com o uso de materiais fotográficos e GPS, para averiguação e também assegurar que as onças não estavam sendo incomodadas por barcos com turistas, o resultado foi muito positivo, as onças não estavam se importando com a presença dos barcos dentro de uma distância mínima considerável (20metros), caso haja  incomodo as onças adentram a mata uns 3 metros e a observação acaba. A própria onça vem nos ensinando e novas pesquisas vem sendo feitas para que o turismo responsável continue sendo uma ferramenta de conservação da biodiversidade e gerando renda as comunidade local.  Aproximadamente 290 onças foram fotografadas na região do Porto Jofre.

IMG_9388.heic
DSC_7477.JPG